Você sabia que o Brasil é considerado o País dos Raios? Sim, é verdade! De acordo com o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), mais de 100 milhões de raios caem em terras brasileiras por ano, colocando o nosso País em 1° lugar no ranking mundial de incidências de raios! Inacreditável né?!

Diante desta informação, a resposta para a dúvida deste artigo é certa. Sim, é indicado retirar todos os aparelhos da tomada, inclusive cabos de antena e outros que possam estar conectados aos aparelhos eletrônicos, pois em momentos de tempestade caso caia um raio próximo a sua residência, a energia será conduzida pelos fios até chegar aos aparelhos eletrônicos que estejam conectados a tomada.

Mas como evitar que minha instalação e meus aparelhos eletrônicos não sejam danificados?

Para evitar problemas relacionados a descargas elétricas existem algumas providências que podem ser tomadas. Dentre elas podemos citar a instalação de um DPS (Dispositivo de Proteção contra Surtos), que na maioria das vezes é o mais indicado, pois ele trabalha na parte interna de sua instalação elétrica, protegendo além da instalação os eletroeletrônicos da sua residência.

E como esse tal DPS funciona?

É simples, o Dispositivo de Proteção contra Surtos faz com que o surto ou descarga de energia seja escoado pelo sistema de aterramento, mas é importante saber que, sem um sistema de aterramento elétrico efetivo, o DPS não irá atuar da forma para que foi projetado!

Além disso, antes de comprar este dispositivo é preciso consultar um eletricista experiente, pois ele precisará verificar quantos e qual tipo de DPS deverá ser utilizado. Isso mesmo, TIPO, existem 3 tipos de DPS: O Tipo 1 é aquele que vai instalado junto ao SPDA (Sistema de Proteção de Descargas Atmosféricas), popularmente conhecido como “Para Raios”, e ele faz a proteção filtrando a maior parte da descarga atmosférica. O Tipo 2 é um dos mais comuns, ele é instalado internamente na residência dentro do QDC (Quadro de Distribuição), fazendo a proteção das fases e do neutro. Já o DPS Tipo 3 é instalado o mais próximo do aparelho, sendo colocado na tomada onde o equipamento será ligado.

Além desse dispositivo, há outros que podem ser usados?

Existem sim, mas nem sempre são tão eficientes, como é o caso de Estabilizadores e Filtros de Linha, que dependendo do surto de energia que ocorrer, a descarga elétrica poderá passar direto por estes aparelhos e acabar queimando outros que estejam ligados a eles.

Os SPDA ou Para Raios também são utilizados com frequência em prédios, fábricas e até mesmo residências, porém ele também não é 100% efetivo, porque trabalha externamente, ou seja, fora da estrutura, dessa forma caso caia um raio ele será escoado através da estrutura das construções, evitando que passe para a parte interna da instalação elétrica, mas isso nem sempre acontece, por este motivo é aconselhável utilizar o SPDA junto a outros dispositivos, como o DPS, pois contra um fenômeno impossível de ser controlado como este o máximo de cuidado é muito bem-vindo!

Outros Cuidados que devem ser tomados:

– Evite tomar banho em períodos de tempestade;
– Além de desligar os aparelhos e retirar da tomada, é aconselhável remover os fios de telefone e rede também;
– Procure ficar dentro de casa ou do carro;
– Nunca fique em campo aberto ou embaixo de árvores;
– E por último e ainda mais importante, NUNCA quebre o terceiro pino das tomadas, pois ele serve para isolar cargas maiores de energia que não serão utilizadas e que podem danificar o aparelho!

Resumindo…

Todo esforço é pouco para esse fenômeno incontrolável, mas a forma mais eficiente de proteger seus aparelhos continua sendo retira-los da tomada!
Entendeu a importância de remover os aparelhos da tomada? Ficou com alguma dúvida sobre os dispositivos que podem te ajudar a proteger sua instalação e aparelhos elétricos? Conte pra gente deixando um comentário aqui no post! Até já!

Powered by Rock Convert