Ter as principais ferramentas a mão é essencial para quem tem o hábito de fazer alguns trabalhos em casa, como instalação de prateleiras, fixação de quadros, montagens de móveis, entre outros. Apertar e desenroscar parafusos é rotina nessas tarefas. E você, será que sabe qual a melhor parafusadeira?

Foi pensando nisso que resolvemos fazer este post. Muitas vezes, para montar um móvel, ficamos horas parafusando manualmente sem uma ferramenta mais potente que agilize essa tarefa. Será, então, que não está na hora de você adquirir uma boa ferramenta para isso?

No entanto, para comprar uma boa parafusadeira é necessário obter algumas informações importantes para não errar na escolha, ok? Continue a leitura e saiba como escolher!

Qual a função de uma parafusadeira?

Essa ferramenta é utilizada para substituir as chaves de fenda e philips, ou seja, sua função básica é apertar e tirar parafusos. Seu uso pode ser aplicado em diversos materiais, como madeira, plástico, metal e alvenaria. Seu manuseio é simples e, diferentemente das chaves, não necessita de força.

Como saber qual a melhor parafusadeira para suas tarefas?

Para escolher a ferramenta ideal sem erros, você deve ter em mente quais os tipos de tarefas que você costuma fazer — visto que existem muitas variações de uma ferramenta para outra. São características importantes e que devem ser levadas em conta, como potência, torque, voltagem etc.

Confira, a seguir, os pontos a serem considerados na hora de sua compra!

Potência

Você pode encontrar parafusadeiras no mercado com voltagens diferentes, sem fio ou com fio, à sua escolha. Quanto maior for a voltagem dessa ferramenta, maior será sua capacidade. Sendo assim, você escolherá a que melhor se encaixa às suas necessidades, veja:

  • parafusadeiras simples (3,6 v até 4v): utilizadas geralmente no dia a dia para pequenas tarefas, como parafusar pequenos objetos, não pode ser utilizada em materiais rígidos.
  • parafusadeiras profissionais ou de impacto (10v em diante): funcionam bem para parafusar grandes parafusos e até os danificados. Utilizadas em trabalhos mais complexos que necessitam de mais força e até em grandes construções.

Torque

O torque está ligado ao poder de rotação da parafusadeira. A necessidade de um torque maior ou menor depende do tamanho do parafuso e do local onde ele será parafusado, que pode ser uma superfície mais macia, como a madeira, ou mais rígida, como o concreto.

Parafusadeiras com baixos níveis de torque estão indicadas para tarefas mais simples, como os trabalhos mais comuns feitos em casa. São encontradas no mercado com a denominação de até 3Nm.

Já os modelos de impacto contam com mais de 30Nm de torque, podendo chegar a cerca de 50Nm. No entanto, é importante que essas ferramentas tenham reguladores de força para os mais diversificados trabalhos.

Bloqueio de giro

Essa função é fundamental para serviços que necessitam de maior precisão. Com o bloqueio de giro é possível travar o mecanismo da ferramenta para que seja possível realizar o giro manualmente — procedimento necessário para a obtenção de um ajuste fino.

Giro reverso

O giro reverso é utilizado para remoção dos parafusos, sendo assim, essa é uma das grandes funcionalidades dessa ferramenta, já que esse momento é muitas vezes bem difícil, com parafusos nito ajustados e difíceis de serem retirados, não é mesmo?

No entanto, nem toda parafusadeira conta com essa função. Geralmente, ela está incluída nos modelos mais caros. No entanto, se você faz questão dessa funcionalidade, avalie bem o custo-benefício na hora de fazer a sua compra.

Agora que você já sabe qual a melhor parafusadeira para suas necessidades, não perca tempo e adquira a mais indicada. Facilite e agilize suas tarefas com o modelo ideal para o seu caso.

Gostou deste artigo? Tirou suas dúvidas sobre os tipos de parafusadeiras? Conheça, então, os modelos disponíveis dessa ferramenta em nosso site e escolha o mais adequado para você.

Powered by Rock Convert