O carpinteiro é o profissional especializado em trabalhos na madeira no estado bruto ou maciço, como qualquer outra profissão, o carpinteiro precisa das ferramentas certas para cada momento.

A plaina é uma das ferramentas principais da área de carpintaria, se você está procurando uma mas não sabe como escolher, basta continuar lendo!

O que é uma plaina?

A plaina é uma ferramenta elétrica ou manual, é usada para remover irregularidades na superfície da madeira nivelando a superfície. Esta ferramenta é indispensável para se atingir um acabamento impecável para qualquer peça feita na madeira.

Lâminas

Antes de começarmos a falar das plainas devemos citar a sua peça principal: a lâmina! Por este motivo deve-se ter um cuidado especial com ela, sempre que possível examine as condições da lâmina e troque-as regularmente.

As lâminas foram desenvolvidas para nivelar apenas a madeira, então prepare a madeira antes de usar a ferramenta, remova qualquer prego ou objetos metálicos cravados nela. Para evitar acidentes e danos permanentes na ferramenta.

Plaina Manual

As plainas possuem dois modelos, uma para cada necessidade encontrada pelo usuário, vamos começar pelo modelo da plaina manual!

A plaina manual é mais requisitada para os acabamentos finais da peça, pela possibilidade de ajustar a lâmina com maior precisão. Por ser manual dispõem do esforço físico do operador para ser utilizada, por isso não é muito comum usa-lá em peça extensas. 

Plaina Elétrica

A plaina elétrica é uma ferramenta bastante versátil, como na plaina manual você pode ajustar a altura da lâmina, mas por ser elétrica você cobre uma área maior e sem muito esforço. Esta ferramenta é ideal para o uso industrial, ela nivela as superfícies com uma enorme precisão e também conta com duas lâminas.

No quesito segurança, as plainas elétricas deixam a desejar, como as lâminas das plainas giram para nivelar a madeira, quando a máquina é desligada, as lâminas continuam rodando por algum tempo, por isso tome bastante cuidado quando desligar a máquina.

Algumas dicas

Agora para você aprender como escolher corretamente a sua plaina, vamos lhe apresentar quais características se atentar. Em plainas elétricas temos informações como velocidade, potência, profundidade e largura do corte.

A velocidade é medida com as rotações por minuto (RPM), ela determina quantos cortes por passada a plaina é capaz de fazer, quanto maior as rotações por minuto, mais limpo fica o corte.

A principal característica a ser observada em uma plaina é a sua profundidade de corte, pois é com ela que se determina a altura do corte por rotação.

E ai já descobriu qual plaina é ideal para você? Lembre-se de também escolher uma plaina ergonômica para aumentar o conforto,  se você gostou deste post, curta nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as nossas atualizações!

furadeiraPowered by Rock Convert